Blog

Parte 91

Eu e a Neném nos transformamos depois das viagens a São Paulo, nos tornamos mais corajosas e livres. Com menos freqüência, viajávamos também a Ivaiporâ no Paraná, para ver a Florisa e as crianças. A cada viagem, ficávamos mais atrevidas, a ponto de conseguirmos chegar até a casa da tia Madalena na Vila Carrão. Minha tia…

LEIA MAIS

Parte 90

A capa era colorida, rodada, linda…. Nós a penduramos no pequeno armário, que era dividido entre as minhas roupas e as da Neném. Esperávamos ansiosas a oportunidade de usar, teria que ser em um dia de pouca chuva ou frio. Olhávamos para a capa e olhávamos o tempo, e ele estava firme e assim continuou. Já…

LEIA MAIS

Parte 89

Nossa vida se tornou ainda mais movimentada. Além do trabalho que realizávamos, agora também ajudávamos a Lisete com a pequena loja, o que para nós era muito divertido. A Rose filha da Lisete, experimentava tudo quando chegávamos com as compras, e o que gostava ficava para ela, sem o menor problema. Hoje me lembro deste fato e…

LEIA MAIS

Parte 88

Ao entrar na sala de cinema não sabia para onde olhar. Era tudo muito lindo, as cadeiras eram firmes, não saiam do lugar, no chão havia carpete o que dava firmeza ao caminhar. A sala estava quase vazia, assim pude escolher um lugar bem no meio da platéia. O filme era colorido! O primeiro filme…

LEIA MAIS

Parte 87

Na manhã seguinte acordamos cedo para continuar as compras e neste dia o destino era o Parque Dom Pedro, principalmente a rua vinte e cinco de março. Passamos por becos e labirintos, entrávamos em uma rua e saíamos em outra, subíamos e descíamos em prédios com lojas em todos os andares. A impressão que eu tinha…

LEIA MAIS

Parte 86

Tomamos o bonde no ponto que ficava no meio da avenida e fomos até a rua dos trilhos, descemos perto da fábrica da Alpargatas, onde a Lisete fez a primeira compra do dia. Dali seguimos a pé através da rua dos trilhos até chegarmos ao largo da concórdia, e percebi que ali era o paraíso das…

LEIA MAIS

Parte 85

Em determinado momento acordei com a Lisete me chamando e perguntando se eu queria ir ao banheiro, pois estávamos chegando em São Paulo. Fui ao banheiro e me lembrei da única viajem de trem que fizera antes desta e que apesar de curta, ficara a maior parte do tempo escondida no banheiro. Desta vez eu…

LEIA MAIS

Parte 84

Apesar da minha pequena mala estar pronta a dias, na véspera da viagem, fui conferir as poucas coisas que levaria. Rezei até cair no sono pela exaustão mas meu sono foi agitado e quando o galo cantou pela primeira vez na madrugada, eu já estava acordada. Trabalhei até as cinco horas da tarde quando então…

LEIA MAIS

Parte 83

A mamãe sempre se dedicou a casa e a nós. E foi uma grande surpresa quando em um sábado, vestiu um vestido vermelho de saia bem rodada e disse que iria ao baile com o Gerson. Gerson era um rapaz solteiro, irmão da Lisete e a mamãe estava linda. Eu senti algo que doeu dentro…

LEIA MAIS

Parte 82

Fechada no quarto, dei inicio a  um longo diálogo interno. Perguntava-me se eu gostava de mulher e por isto rejeitava a presença masculina e a resposta era negativa. Havia namorado o Laércio e nunca o toque da sua mão ou seu beijo me incomodara, sendo assim, este não seria o caminho. Voltei no tempo buscando nas lembranças…

LEIA MAIS

Helena Martins

Psicoterapeuta holística (CRT 33420), especializada em autoconhecimento e autocontrole, desenvolveu um programa de estudos que prega a Liberdade da Fé, aberto a todos os interessados.

Blog

Não tenho pretensão de escrever um livro, mas sim fazer um relato de alguns acontecimentos da minha vida e da vida daqueles que fazem ou fizeram parte dela. Se fosse escrever um livro (do jeito que sou detalhista), teríamos material para muitas edições, mas estou aprendendo lentamente que na internet temos que ser ligeiros, por isso procurarei simplificar o máximo possível.

Aviso

Este trabalho será realizado sem revisão de texto para que seja mais rápido o processo, portanto peço desculpas por todos os erros que irão encontrar. As atualizações serão semanais.

Últimos posts

Arquivo