Blog

Parte 16

Eu sentia uma tristeza grande a maioria do tempo. Tinha saudades da minha mãe. A igreja e a missa também faziam muita falta na minha vida. Certa manhã estávamos de folga e eu rezava na beira do ribeirão enquanto o Polaco brincava com o barro branco da margem quando ouvimos o Nino nos chamando enquanto corria…

LEIA MAIS

Parte 15

Os dias que se seguiram foram cinzentos como os meus sentimentos. Não sabíamos da Floriza e nem se ela sabia do acontecido. Estávamos ali, prisioneiros de uma situação que na minha visão não tinha saída. Eu chorava todos os dias e rezava pela alma da mamãe, ao mesmo tempo pedia para ela aparecer para que eu a…

LEIA MAIS

Parte 14

Não sei quanto tempo ficamos com a Cida sem a presença do papai. Eu olhava para ela como se fosse uma inimiga. Não muito distante da casa havia um ribeirão com água transparente e areia branca no fundo. Eu ficava horas ali com os pés na água e sonhando que o papai voltaria com a mamãe já curada…

LEIA MAIS

Parte 13

Como as manifestações assombrosas eram ouvidas por todos, eu me sentia mais confortável com a situação, tinha aliados, minha família. Era sempre no silêncio da noite que as manifestações intensificavam. Ouvíamos passos que vinham até a porta do quarto e paravam, a torneira da cozinha abria e o barulho da água caindo era ouvido por todos.…

LEIA MAIS

Parte 12

Moramos na mesma casa em Sertaneja por um bom tempo. De vez em quando a mamãe aparecia com um vidro na mão. Ela batia com a colher no vidro nos chamando, era para que tomássemos cada um uma colher do remédio que havia dentro dele (Óleo de fígado de bacalhau). Estes momentos eram dramáticos. Todos…

LEIA MAIS

Parte 11

Em Sertaneja, fazíamos várias coisas para ganhar dinheiro, a mamãe comprava frutas na roça e vendia na cidade, o Nino engraxava sapatos na rodoviária e vendia pipoca pela cidade, principalmente no campo de futebol aos domingos. A mamãe dizia que eu era ajudante dele e me sentia importante por isto, fazia o papel de ajudante seriamente, onde…

LEIA MAIS

Parte 10

Saímos bem cedo num caminhão velho acomodados sobre a mudança em direção a cidade de Paranagi.   Eu me sentia ao mesmo tempo insegura e ansiosa pela aventura.  Ao chegar fiquei deslumbrada por ver pela primeira vez terra clara, só conhecia terra vermelha, muito vermelha. As casas eram em sua maioria de madeira e limpas,…

LEIA MAIS

Parte 9

Algum tempo havia se passado, a Neném já estava recuperada quando repentinamente meu pai desapareceu de casa. Vendeu tudo que tinhamos e fugiu com a Cida para algum lugar desconhecido, nos deixando abandonados e sem nenhuma condição financeira. Seus inimigos políticos, talvez por vingança, nos colocaram com os móveis e roupas no meio da rua…

LEIA MAIS

Parte 8

Meu pai era político e costumava realizar reuniões do partido em nossa casa.Numa noite, estavam todos reunidos na sala quando o gerador da cidade foi desligado como acontecia todas as noites as 22:00 horas. Como isto era rotina tínhamos lamparinas de querosene que foram acesas. Não era permitido que ficássemos por perto quando tinha visitas principalmente nas reuniões do partido mas, eu me escondia em…

LEIA MAIS

Parte 7

Certa vez, vi meu pai com alguns papeis na mesa chamar minha mãe e pedir para ela assinar. Ela ficou nervosa e disse que queria saber o que estava escrito (ela não sabia ler, apenas escrevia o próprio nome) no meio daquela discussão ouvi ela falar: – Você pensa que não sei o que está…

LEIA MAIS

Helena Martins

Psicoterapeuta holística (CRT 33420), especializada em autoconhecimento e autocontrole, desenvolveu um programa de estudos que prega a Liberdade da Fé, aberto a todos os interessados.

Blog

Não tenho pretensão de escrever um livro, mas sim fazer um relato de alguns acontecimentos da minha vida e da vida daqueles que fazem ou fizeram parte dela. Se fosse escrever um livro (do jeito que sou detalhista), teríamos material para muitas edições, mas estou aprendendo lentamente que na internet temos que ser ligeiros, por isso procurarei simplificar o máximo possível.

Aviso

Este trabalho será realizado sem revisão de texto para que seja mais rápido o processo, portanto peço desculpas por todos os erros que irão encontrar. As atualizações serão semanais.

Últimos posts

Arquivo